Como usar o forno de forma eficiente

Como usar o forno de forma eficiente: 12 dicas de economia de energia

Preparar alimentos saudáveis, ricos, sem gordura, saudáveis ​​com todos os nutrientes torna-se muito simples usando o forno de forma eficiente e como um aliado para controlar as calorias preservando o sabor, além disso, não exige muita dedicação.

No entanto, é provável que a maioria de nós use o forno porque não sabemos o que ele pode consumir e é por isso que deixamos isso frango assado que tanto queríamos, para uma ocasião mais “especial”. Mas, embora não seja o eletrodoméstico que mais consome em casa, está abaixo do frigorífico e a máquina de lavar, vamos dar-lhe algumas dicas para poupar energia e tirar o máximo partido do seu forno, porque nunca é demais conseguir uma melhor eficiência energética.

Potência do forno

Como outros eletrodomésticos, a potência é muito importante para determinar o consumo de energia, pois quanto mais energia, mais consome. Um forno normalmente tem uma potência entre 900 e 3500 watts, embora os diferentes modos e funções possam precisar de mais ou menos potência, em média, um forno médio costuma consumir 1,5 kW/h em uso normal, ou seja, se o usarmos para uma hora consumirá 1500 watts.

Cozinhe vários pratos de uma só vez

 

Como usar o forno de forma eficiente: 12 dicas de economia de energia Idéias explicadas

Se o que buscamos é economizar energia, uma boa maneira de fazer isso é cozinhar vários alimentos de uma só vez, mas sem abusar do espaço para não modificar sua temperatura.

A maioria dos fornos é grande o suficiente para poder introduzir vários pratos com receitas ao mesmo tempo e economizar 2×1 dinheiro, tempo e energia. Ou seja, você pode cozinhar o frango e a guarnição de legumes separadamente, mas, ao mesmo tempo, tirar o máximo proveito do seu forno.

Olho! Não o sature ou a temperatura não circulará corretamente.

Como usar o espaço:

  • A parte superior do forno concentra mais temperatura, por isso é ideal colocar ali os alimentos que precisam de cozimento rápido ou gratinados.
  • Na parte central, você pode colocar alimentos como peixes que não precisam de muito cozimento.
  • Quanto ao fundo, é o lugar perfeito para cozinhar lentamente como assados.

Não abra a porta o tempo todo

Ao cozinhar, tente não abrir a porta constantemente, pois assim o calor será perdido e o forno precisará de mais energia para manter a temperatura. Portanto, trata-se de reduzir os tempos que abrimos a porta para verificar o estado da nossa receita para fazer um uso mais eficiente do nosso forno.

Pré-cozinhe os legumes

Um truque muito bom que nos permite economizar energia é ferver os legumes alguns minutos antes de cozinhá-los no forno. Dessa forma, você reduzirá os tempos de cozimento e obterá resultados interessantes.

Corte os alimentos em pedaços pequenos

Se cortarmos esse frango em pedaços pequenos ou se filetarmos o robalo, economizaremos muita energia, pois o tempo de cozimento é encurtado, quanto menor o pedaço, menos tempo precisa ficar pronto. Assar a mesma quantidade de comida, mas em pequenas porções, é uma boa maneira de economizar tempo, dinheiro e energia. Ele vai sair tão rico e muito mais fácil de empratar.

Aproveite o calor residual do forno

Depois de desligar o forno, o calor é mantido por alguns minutos, para que você possa desligá-lo quando perceber que sua receita tem menos de 10 minutos para terminar o cozimento. Além disso, se você precisar aquecer outra coisa à parte, poderá usar o calor residual para aquecer outros alimentos em vez de puxar o micro-ondas. Você vai economizar muita energia!

Use recipientes de vidro ou cerâmica

É essencial escolher um recipiente adequado para tirar o máximo proveito do nosso forno. Portanto, recomendamos o uso de recipientes de vidro ou cerâmica que precisam de muito menos tempo para aquecer, para que não seja necessário aquecer o forno por tanto tempo.

Outra opção são os recipientes de metal indicados especialmente para assar, pois aquecem rapidamente, perfeitos para receitas que exigem alta temperatura em pouco tempo.

Descongele na noite anterior

Se for preparar um prato com comida congelada, é melhor não esperar para levar ao forno para que descongele. Deixe-o durante a noite à temperatura ambiente e você economizará ainda mais tempo e energia. Seu bolso vai agradecer.

A manutenção é importante

Pode parecer bobagem, mas manter a limpeza adequada e fazer pequenas revisões periódicas melhoram muito a economia de energia deste eletrodoméstico.

Muita sujeira acumulada pode fazer com que o aquecimento da resistência não seja distribuído uniformemente dentro do forno. Além disso, os fornos são compostos por muitas peças e como qualquer outro eletrodoméstico, com o tempo podem estragar embora seja um mundo inteiro para mudá-lo, é essencial ter um forno em boas condições para tirar o máximo proveito dele.

Pode ser que pelo uso a porta não feche corretamente, que o termostato não esteja balanceado, ou que o ventilador falhe, se você ver algo que não se encaixa, você deve resolver antes que vá mais comprar outro ou fazer uso da garantia, etc.

Se cuidarmos do nosso forno, ele prolongará sua vida útil e fará com que consuma menos energia.

Se o seu forno tiver um programa de autolimpeza, use-o de forma inteligente; coloque o programa logo após ter usado o forno, desta forma ele já estará quente, então não é necessário tanto tempo e energia para atingir a temperatura exigida pelo programa de autolimpeza para remover gordura e sujeira.

Escolha fornos eficientes

eficiência energéticaOs electrodomésticos com uma classificação energética elevada costumam envolver um maior investimento inicial, no entanto, vale a pena apostar nos rótulos A ou B pois, a longo prazo, vai permitir poupar energia e obter um melhor desempenho. Além disso, você ajudará a reduzir o impacto ambiental.

Aproveite as horas baratas

Outro método que nos ajudaria a economizar seria usar o forno fora do horário de pico, ou seja, das 12h às 8h da manhã. Embora possa ser um horário incompatível com os horários de almoço e jantar. Por isso, a segunda opção é utilizar o forno no horário de flat, ou seja, das 8h às 13h para o almoço, e das 17h às 21h para o jantar. Tenha em mente também que nos finais de semana e feriados o horário fora de pico dura 24 h. Excelente!

Esqueça o papel alumínio

Embora colocar papel alumínio no interior do forno ou nas laterais possa parecer uma boa ideia para recolher gorduras ou molhos, a verdade é que a superfície reflectora do papel altera a distribuição homogénea do calor e também pode obstruir o forno fã. Não é recomendado.

Invista em tecnologia

Esse consumo de energia não é motivo para não usar o forno e preparar aquelas deliciosas receitas que você deseja. É claro que uma relíquia de forno não é o mesmo que uma relíquia de última geração. Portanto, se o seu forno é um desses e você acha que chegou a hora, considere investir em um novo mais moderno, a economia pode até ser palpável na conta.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

67 + = 71

Comentárioluv
Imagem do bloqueador de anúncios Powered by Code Help Pro

Bloqueador de anúncios detectado!!!

Mas, por favor, entenda que sem publicidade este site não estaria aqui. Veiculamos anúncios responsáveis ​​e pedimos que você desative seu bloqueador de anúncios durante a visita.